-

Histrico de Cursos: Curso de Formao Pedaggica Inicial de Formadores - Ao 2

 

As inscrições para a 2ª ação do curso estão encerradas.


 

Caso tenha interesse em frequentar uma nova ação de formadores, em dada a definir pela Direção da Escola, deve manifestar esse interesse enviando um e-mail para o Diretor Técnico-Pedagógico da Escola: dtp@eppovoacao.com.

 

 

 


 

 

Turma Completa

As inscrições para a 2ª ação do curso estão encerradas.

Caso tenha interesse em frequentar uma nova ação de formadores deve manifestar esse interesse enviando um e-mail para o Diretor Técnico-Pedagógico da Escola: dtp@eppovoacao.com

Denominao do Curso

» Curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Carga Horria

» O curso terá a duração total de 96 horas;

» Datas definitivas: 24 de junho de 2013 a 29 de julho de 2013.

 

Nota: A data de formação inicialmente prevista foi alterada devido ao atraso na constituição da turma. 

As datas apresentadas, nomeadamente a data de conclusão, pode ser alterada devido à ausência de algum elemento do equipa de formadores.

 


 

Destinatrios

» A Formação Pedagógica Inicial de formadores é dirigida a indivíduos que pretendam adquirir o Certificado de Competências Pedagógicas (CCP) para exercer a atividade de formador.

» O curso destina-se a todas as pessoas que manifestem apetência técnico-pedagógica e socioprofissional para ministrar Formação Profissional na sua área de especialização profissional e/ou académica, mostrando motivação para o desempenho da função de Formador. Serão indivíduos que pretendem adquirir e melhorar competências técnico-pedagógicas indispensáveis ao correto planeamento, animação e avaliação de ações de formação profissional, nomeadamente:

» Formadores sem formação pedagógica;

» Ativos de empresas, empresários e profissionais liberais;

» Jovens licenciados à procura de 1.º emprego;

» Candidatos a formadores com no mínimo 5 anos de experiência profissional comprovada e escolaridade superior ao 6º ano de escolaridade.

Objetivos do Curso

» A formação pedagógica de formadores visa promover a aquisição, atualização e o aperfeiçoamento de competências, transferíveis para a sua prática. Estas Competências situam-se ao nível da animação da formação e, também, no sentido alargado da sua função na conceção e elaboração de programas de formação e de materiais pedagógicos; na gestão e coordenação de formação; e no campo da investigação e da experimentação de novas abordagens e metodologias aplicadas a públicos e contextos diversificados, em várias modalidades de formação.

Competncias a desenvolver

» O programa foi concebido com vista a contribuir para que, no final da formação, os futuros formadores, sejam capazes de:

 

1. Avaliar o perfil do formador face ao contexto geral da Formação Profissional em Portugal: 

 

a) Caracterizar os contextos/sistemas da Formação Profissional em Portugal;

b) Distinguir as competências exigíveis ao formador em função dos sistemas em que intervém;

c) Adotar uma perspetiva de autoavaliação relativamente à sua prática.

 

2. Preparar, dinamizar e avaliar unidades de formação: 


a) Planificar unidades de formação tendo como ponto de partida as orientações e procedimentos do plano de formação – instrumento de gestão de uma organização;

b) Formular adequadamente os objetivos pedagógicos que irão orientar a atividade formativa;

c) Conceber e aplicar uma metodologia adequada aos objetivos, aos públicos-alvo e ao contexto de formação;

d) Desenvolver um dispositivo de avaliação das aprendizagens útil à sua prática pedagógica e como parte integrante de um sistema interativo de avaliação da formação;

e) Utilizar e conceber de forma adequada os recursos didáticos e multimédia na formação, em suportes diversificados em função da estratégia pedagógica adotada;

 f) Adequar o processo de aprendizagem à especificidade do indivíduo adulto;

g) Desenvolver uma relação pedagógica eficaz e produtiva em função do grupo de formação.


3. Refletir sobre os sistemas de formação:


a) Desenvolver uma análise construtiva que possa contribuir para a melhoria dos sistemas de formação, ao nível técnico-pedagógico e/ou organizacional.


» O formador deverá ser capaz de estabelecer uma relação pedagógica diferenciada, dinâmica e eficaz com múltiplos grupos ou indivíduos, de forma a favorecer a aquisição de conhecimentos e competências, bem como o desenvolvimento de atitudes e comportamentos adequados ao desempenho profissional, tendo em atenção as exigências atuais e prospetivas do mercado de emprego.

 

Referencial de formao (Portaria n 214/2011 de 30 de maio)

MF1 Formador: Sistema, Contextos e Perfil
SubM1.1 - Formador: Contextos de Intervenção 6H 10 HORAS
SubM1.2 - Aprendizagem, Criatividade e Empreendedorismo 4H
MF2 Simulação Pedagógica Inicial
SubM2.1 - Preparação e Concretização das Simulações 7H 13 HORAS
SubM2.2 - Análise e Projeto de Melhoria 6H
MF3 Comunicação e Dinamização de Grupos em Formação
SubM3.1 - Comunicação e Comportamento Relacional 6H 10 HORAS
SubM3.2 - Diversidade no Contexto de Formação 4H
MF4 Metodologias e Estratégias Pedagógicas
SubM4.1 - Métodos e Técnicas Pedagógicas 6H 10 HORAS
SubM4.2 - Pedagogia e Aprendizagem Inclusiva e Diferenciada 4H
MF5 Operacionalização da Formação: Do Plano à Ação
SubM5.1 - Competências e Objetivos Operacionais 4H 10 HORAS
SubM5.2 - Desenho do Processo de Formação-Aprendizagem 6H
MF6 Recursos Didáticos e Multimédia
SubM6.1 - Exploração de Recursos Didáticos 4H 10 HORAS
SubM6.2 - Construção de Apresentações Multimédia 6H
MF7 Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
SubM7.1 - Plataformas: Finalidades e Funcionalidades 4H 10 HORAS
SubM7.2 - Comunidades Virtuais de Aprendizagem 6H
MF8 Avaliação da Formação e das Aprendizagens
SubM8.1 - Avaliação Quantitativa e Qualitativa 6H 10 HORAS
SubM8.2 - Avaliação: da Formação ao Contexto de Trabalho 4H
MF9 Simulação Pedagógica Final
SubM9.1 - Preparação e Concretização das Simulações 7H 13 HORAS
SubM9.2 - Análise e Prospetiva Técnico-Pedagógica 6H

Com a realização deste curso, pretende-se que cada formando, após a conclusão de cada módulo esteja apto a:

 

MF1 Formador: Sistema, Contextos e Perfil 10 HORAS
»   Caracterizar os sistemas de qualificação com base nas finalidades, no público-alvo, nas tecnologias utilizadas e no tipo e modalidade de formação pretendida
»   Identificar a legislação, nacional e comunitária, que Regulamenta a Formação Profissional
»   Enunciar as competências e capacidades necessárias à atividade de formador
»   Discriminar as competências exigíveis ao formador no sistema de formação
»   Identificar os conceitos e as principais teorias, modelos explicativos do processo de aprendizagem
»   Identificar os principais fatores e as condições facilitadoras da aprendizagem
»   Desenvolver um espírito crítico, criativo e empreendedor
MF2 Simulação Pedagógica Inicial 13 HORAS
»   Preparar, desenvolver e avaliar sessões de formação
»   Identificar os aspetos pedagógicos considerados mais importantes no processo de ensino- aprendizagem
»   Propor soluções alternativas, apresentar sugestões de estratégias pedagógicas diversificadas
»   Exercitar competências de análise e de autoanálise relativamente a comportamentos observados no desenvolvimento de uma sessão de ensino-aprendizagem
MF3 Comunicação e Dinamização de Grupos em Formação 10 HORAS
»   Compreender a dinâmica formador-formandos-objeto de aprendizagem, numa perspetiva de facilitação dos processos de formação
»   Compreender os fenómenos psicossociais, nomeadamente o da liderança, decorrentes nos grupos em contexto de formação
»   Gerir diferentes grupos de trabalho, com fortes condições de potenciar a discriminação e bloquear a aprendizagem
»   Compreender a dinâmica da individualidade de aprendizagem no seio de um grupo de trabalho
»   Reconhecer a importância do mediador de grupos de trabalho
MF4 Metodologias e Estratégias Pedagógicas 10 HORAS
»   Escolher e a aplicar as técnicas e os métodos pedagógicos mais adequados aos objetivos, aos públicos-alvo e ao contexto de formação
»   Descrever as vantagens e importância da criatividade em meio pedagógico
»   Identificar estratégias inclusivas de públicos diferenciados
»   Identificar vantagens e desvantagens da aplicação das diferentes técnicas pedagógicas em contextos diferenciados
 MF5 Operacionalização da Formação: Do Plano à Ação  10 HORAS
»   Distinguir finalidades, metas, competências, objetivos gerais e objetivos específicos 
»   Redigir objetivos pedagógicos em termos operacionais 
»   Hierarquizar objetivos segundo os domínios do saber 
»   Planificar momentos de ensino-aprendizagem 
»   Identificar os princípios orientadores para a conceção e elaboração de planos de unidades de formação 
»   Preencher fichas de planificação da formação (plano de ação de formação/ módulo/ sessão) 
 MF6 Recursos Didáticos e Multimédia   10 HORAS
»   Selecionar, conceber e adequar os meios pedagógico-didáticos, em suporte multimédia, em função da estratégia pedagógica adotada 
»   Conceber, adequar e utilizar apresentações multimédia 
»   Compreender a dinâmica e importância do PowerPoint como modelo de apresentação  
»   Criar apresentações em PowerPoint tendo em conta as respetivas regras de elaboração  
 MF7 Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
 10 HORAS
»   Compreender as mudanças evolutivas do Ensino a Distância 
»   Identificar as características e as vantagens do e-learning  
»   Compreender o funcionamento das Plataformas de suporte da formação a distância  
»   Identificar regras de formação através da Internet  
»   Reconhecer a importância do e-formador/e-mediador no processo formativo a distância  
»   Identificar e aplicar os mecanismos/softwares de comunicação online  
»   Desenvolver uma formação utilizando as Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem para suporte de materiais  
 MF8 Avaliação da Formação e das Aprendizagens  10 HORAS
»   Distinguir diferentes níveis de avaliação dos resultados de formação  
»   Construir e aplicar instrumentos de avaliação em função dos objetivos previamente definidos, que permitam verificar e controlar os resultados da aprendizagem, a eficiência e a eficácia da formação  
»   Identificar causas de subjetividade na avaliação  
»   Aplicar um método sistémico e evolutivo de análise de resultados de formação  
»   Propor medidas de regulação, com vista à melhoria do processo de formação  
 MF9  Simulação Pedagógica Final  13 HORAS
»   Preparar, desenvolver e avaliar sessões de formação 
»   Identificar os aspetos pedagógicos considerados mais importantes no processo de ensino- aprendizagem  
»   Propor soluções alternativas, apresentar sugestões de estratégias pedagógicas diversificadas  
»   Exercitar competências de análise e de autoanálise relativamente a comportamentos observados no desenvolvimento de uma sessão de ensino-aprendizagem  
»   Comparar o nível de competências pedagógicas adquiridas ao longo do processo formativo, com o nível de desempenho demonstrado no início da ação  
»   Elaborar uma síntese e avaliação dos processos formativos vivenciados  
»   Construir percursos para autoformação (traçado de percursos individuais de formação  

Horrio

» O curso irá funcionar em horário pós-laboral, respeitando a carga horária diária e semanal prevista no referencial de formação. Assim sendo, o curso irá funcionar entre as 18:00 e as 22:00 de segunda a sexta-feira.

Cronograma

crono2

 

Clique aqui para fazer o download do horário em pdf. Caso não tenha o software necessário clique aqui.

Regime de Assiduidade

» De acordo com o previsto no referencial de formação, e no Regulamento Interno da Escola, o formando é responsável pelo cumprimento do dever de assiduidade e pontualidade.

» O dever de assiduidade implica para o formando, quer a presença na sala de aula e demais locais onde se desenvolva o trabalho escolar, quer uma atitude de empenho intelectual e comportamental adequada, de acordo com a sua idade, ao processo de ensino-aprendizagem.

» No que se refere à conclusão do percurso formativo, a assiduidade do formando concorre para a avaliação qualitativa do seu percurso formativo. Para efeitos de conclusão do percurso formativo com aproveitamento e posterior certificação, a assiduidade do formando não pode ser inferior a 95% da carga horária total do curso (5 faltas).

» No caso de ausência de um formando no momento em que se desenvolvem as competências integradas num determinado módulo, e desde que as faltas sejam devidamente justificadas, compete à equipa pedagógica, em articulação com o formando, definir as estratégias para a aquisição dessas competências. Os procedimentos exigidos para a justificação de faltas são os presentes no Regulamento Interno da Escola.

» O controlo da assiduidade é feito diariamente e os mapas de assiduidade afixados semanalmente.

Inscrio

 

Documentos necessários à inscrição:

» Cópia dos documentos de identificação (BI/CC/NIF);

» Cópia do certificado de habilitações;

» Curriculum-vitae (Modelo Europeu) atualizado;

» Ficha de inscrição/candidatura preenchida.

 

» A inscrição deve ser feita presencialmente nos serviços administrativos da Escola, mediante a entrega da ficha de inscrição, devidamente preenchida e acompanhada dos documentos nela referidos, até ao dia 12 de abril.

 

» A inscrição e frequência no Curso de Formação Pedagógica Inicial de Formações implicam o pagamento de uma propina de 200€.

 

» O pagamento deve ser efetuado da seguinte forma:

  • 50€ no ato de inscrição;
  • 150€ no ato da matrícula.

 Ficha de Inscrição.docx Download

 

 


Condies de acesso formao

 

As condições de acesso à Formação Pedagógica Inicial de Formadores exigem a verificação dos requisitos de entrada, exigidos pela Portaria nº 214/2011 de 30 de Maio, associados ao nível de qualificação escolar:

» deve ter uma qualificação de nível superior;

» em componentes, unidades ou módulos de formação orientados para competências de natureza mais operativa, o formador pode ter uma qualificação de nível igual ao nível de saída dos formandos, desde que tenha uma experiência profissional comprovada de, no mínimo, cinco anos;

» não pode ter qualificações inferiores ao 6º ano de escolaridade.

 

Sem prejuízo dos critérios legais, deverão constituir critérios de acesso os seguintes:

» Interesse e motivação para a realização da ação de formação;

» Disponibilidade;

» Situação profissional;

» Expectativas e necessidades de formação;

» Relacionamento interpessoal (capacidade de comunicação e interação, tolerância, capacidade facilidade de cooperação e de trabalho em equipa, capacidade de coordenação de trabalho, …)

» Competências pessoais e sociais adequadas à função: autonomia, assertividade, capacidade de resolução de problemas, espírito empreendedor, iniciativa, criatividade, flexibilidade, …)

» Experiência profissional;

» Outras que se venham a verificar necessárias para a concretização do objetivo da formação.

 


Mtodo de seleo dos candidatos

 

Não serão admitidos os candidatos que não entreguem pessoalmente a ficha de inscrição devidamente preenchida e acompanhada dos documentos solicitados nos serviços administrativos.

De acordo com a informação acima e no escrupuloso respeito do referencial de formação a Escola esclarece que a seriação dos candidatos a admitir será feita da seguinte forma:

  • 1º - candidatos com formação superior, que têm prioridade no acesso a esta ação de formação;
  • 2º - candidatos com o nível V de formação e experiência profissional comprovada;
  • 3º - candidatos com o nível IV de formação e no mínimo 5 anos de experiência profissional comprovada;
  • 4º - candidatos com o nível III de formação e no mínimo 5 anos de experiência profissional comprovada;
  • 5º - candidatos com o nível II de formação e no mínimo 5 anos de experiência profissional comprovada;
  • 6º - candidatos com o nível I de formação e no mínimo 5 anos de experiência profissional comprovada;
  • 7º - candidatos com o nível V de formação e sem experiência profissional comprovada;
  • 8º - candidatos com o nível IV de formação e com menos de 5 anos de experiência profissional comprovada;
  • 9º - candidatos com o nível III de formação e com menos de 5 anos de experiência profissional comprovada;
  • 10º - candidatos com o nível II de formação e com menos de 5 anos de experiência profissional comprovada;
  • 11º - candidatos com o nível I de formação e com menos de 5 anos de experiência profissional comprovada;

 

Em cada um dos níveis acima descritos, e sempre que se justifique, os candidatos serão selecionados de acordo com:

  • experiência profissional comprovada;
  • formação complementar;
  • interesse e motivação;
  • expectativas e necessidades de formação;

 

Os candidatos apenas serão alvo de entrevista se for necessário esclarecer os dados inscritos na ficha de inscrição.

 


Matrcula

A matrícula apenas pode ser efetuada nos seguintes termos:

» Depois de constituída a turma (15 formandos);

» Depois de efetuado o pagamento final pelo formando.

 


 

 

CANDIDATOS ADMITIDOS


Nome Completo

Naturalidade

Estado

Ana Cristina Abreu Mendonça

Povoação

Selecionado

Ana Cristina Machado Pimentel Pacheco

Povoação

Selecionado

Ana Maria de Lima da Rocha

Povoação

Selecionado

Bruno Alexandre Moniz Furtado

Povoação

Selecionado

Bruno Manuel de Oliveira Garcia de Assunção

Povoação

Selecionado

Isabel Cristina dos Santos Furtado

Povoação

Selecionado

João Miguel Moura Ferro

Povoação

Selecionado

Laura Aguiar Torres

Povoação

Selecionado

Lisarda Maria Carvalho Oliveira Franco

Povoação

Selecionado

Maria da Paixão de Medeiros Araújo Resendes

Povoação

Selecionado

Maria Manuela Resendes Carreiro Pacheco

Povoação

Selecionado

Mário Duarte de Sousa Resendes

Povoação

Selecionado

Marlene Carreiro de Medeiros

Povoação

Selecionado

Marta Brandão de M. C. da Silva Duarte

Povoação

Selecionado

Rúben Patrício Carreiro Guilherme

Povoação

Selecionado

     
Eco-Escolas Fundo Social Europeu